24 March 2008 ~ 4 Comments

Qual opt-in

Na Keynote da WWDC de 2007 o Steve Jobs disse com um ar matreiro, e cito, “… and we know how to push software, trust me” (or something, mas disse). Quer-me parecer que a Apple aprendeu da pior forma que fazer push de um quicktime que ninguém usa em Windows é diferente de impingir um browser.

Isto é quase tão mau como instalar o Java e levar com uma barra do Google que não pedi. Neste último caso ainda fiquei a pensar uns minutos como é que o trambolho lá foi parar, nem queria acreditar, afinal de contas estamos a falar da mais pura e non-evil das empresas. Ou esperem lá, será que foi quando instalei o player de Flash? Nevermind.

FSJ ainda não comentou, espero ansiosamente.
  • http://pedrofigueiredo.org/ pfig

    desculpa? *perguntam-te* se queres instalar o browser (na~o e’ instalado ‘a socapa como outras milhentas /aplicac,o~es/).

    podemos ficar aqui a discutir se por omissa~o a checkbox devia estar on ou off (eu acho que *era educado* estar off) ou se o safari devia estar numa lista claramente separada dos updates (eu acho que sim) ate’ 2a-feira, agora dizer que na~o se sabe como e’ que ele apareceu instalado, qdo te e’ perguntado explicitamente se o queres instalar…

  • Celso

    Yep tens razão. My mistake, pensei que só era opt-out. Só abusaram da habituação da instalação do iTunes. Na minha opinião caguei. Só constatei que a multidão tá meio furiosa e lembrei-me da frase do Stevie na WWDC.

  • http://pfig.livejournal.com/ pfig

    a multida~o esta’ sempre furiosa :)

  • Bruno Figueiredo

    Já para não falarem de dantes empurrarem o iTunes à força quando só querias o quicktime. Mas já se deixaram disso.