09 February 2012 ~ 21 Comments

Meo Kanal

Há projectos que são invulgares pela motivação que geram nas equipas e nas organizações. São raros e curiosamente surgem fora dos nossos planos tradicionais e lineares, fora das visões condicionadas, dos retiros e dos brainstorms.

Há um ano atrás uma pequena equipa tentou vender-me um conceito de um projecto que lhes surgiu espontaneamente. Agarram-me em 10 minutos. Em poucos dias tiveram a energia suficiente para estruturar essa ideia para que juntos conseguíssemos mobilizar todas as áreas da organização necessárias para concretizar essa visão, e semanas depois o projecto era aprovado e apoiado ao mais alto nível pelo grupo aonde trabalhamos.

Durante este tempo todo e até hoje tive o privilégio de trabalhar com esta equipa de elite, cheia de talento e irreverência, que pegou no projecto com unhas e dentes e o levou a cabo com uma determinação que merece ser referida. Obrigado a todos por isso.

Durante este ano que passou construímos no SAPO e na PT o Meo Kanal, um conceito único e na minha opinião brilhante e bem executado, que tem o potencial para democratizar a criação de uma experiência de televisão em Portugal e cujas possibilidades que abre para o futuro são infinitas . Aqui está ele.

E é assim que se trabalha por cá.

Plano2012

Apresentação interna do projecto, na semana passada. A equipa soube guardar o segredo.

NewImage

Apresentação pública, hoje.

Tags: ,
  • Anonymous

    Muitos parabéns a toda a equipa. Não é a “experiência do PC na TV” (será que isso existe?) mas é uma excelente abordagem e com um enorme potencial.

    • http://arrifana.org/blog/ Celso Martinho

      Obrigado João.

  • http://twitter.com/mario_moreira Mário Moreira

    Parece ser um conceito muito bem bolado. Parabens à equipa que teve esta ideia. Eles merecem. Isto parece-me que tem um enorme potencial.

    Vamos conseguir emitir um feed com uma webcam de “algures” na Internet? E com o telemóvel? Uma app para Android e iPhone para criar um kanal na hora e fazer broadcast do jogo do meu filho para os avós, etc.

    Muito potencial…

    O mundo das “emissões de valor acrescentado” (aka, porn) também há-de descobrir este serviço, não? :)

    Poderemos ter kanais a cobrar, em que quem quiser ver o kanal, paga um valor que reverte para o dono do kanal?

    Andam aqui na cabeça milhares de formas de explorar este novo serviço :)

    • http://arrifana.org/blog/ Celso Martinho

      Tás lá! :)

  • Guest

    Na primeira foto, aquele membro da equipa com uma turtleneck preta faz lembrar alguém..quem será? ;-)

  • http://twitter.com/dmatos Daniel Matos

    Até onde chegará só o tempo pode dizer mas o mérito da ideia e sua implementação inicial é enorme. É o suficiente para me sentir orgulhoso dos produtos que por cá se desenvolvem! Kudos!

    • http://arrifana.org/blog/ Celso Martinho

      Obrigado Daniel.

  • http://twitter.com/rubikoO Fausto

    Dá um gozo tremendo ver acontecer coisas destas, que ainda há meia dúzia de anos pareciam Sci-Fi. Parabéns, a ti e à equipa!

    • http://arrifana.org/blog/ Celso Martinho

      Obrigado Fausto.

  • http://twitter.com/brunolucas Bruno Lucas

    Devo dizer que o conceito é muito interessante e acredito ter muito potencial. Parabéns.
    Embora perceba que o Meo/PT tenham de rentabilizar isto, não ser possível visualizar os canais online* parece-me pouco ambicioso.
    A resposta do “Instalem o Meo” não serve num mundo global – eu não vivo em PT e gostava de ter acesso a canais. E gostava também de criar canais – uma canal com fotos/vídeos do meu puto para os avós verem? Topo de audiências lá por casa.

    Think about it.
    BL

    *Visualização mesmo que seja com pior qualidade/atraso na emissão/cortes para publicidade/outra penalização por não estar a ver o canal na TV via Meo

    • http://arrifana.org/blog/ Celso Martinho

      Bruno, se tiveres familiares em Portugal com Meo, podes pedir-lhes que criem sub-contas na conta deles que depois *tu* podes usar para carregar os conteúdos e gerir canais em qualquer parte do mundo.

  • Adam West

    And yet, you just…..  HOLY SHIT!!!!!!!! This is just spectacular, epic indeed… so sad right now for being ZON client….

    Congratulations Celso and all the team behind this, history was made! Not just amazing piece of technology but really sustainable!

  • Duarte Oliveira – PDT

    Gostei imenso da democratização da TV em Portugal!!!

  • http://www.facebook.com/odrakir Ricardo Saramago

    Parabéns Celso, a ti e a toda a equipa. Excelente projecto!

  • Francisco Ascençao

    Nao vou estar aqui com rodeios e a poupar nas palavras.

    Foi um dia histórico para o SAPO e quem sabe para  PORTUGAL.

    Foi iniciada uma nova era no acesso à TV (para os clientes MEO) e aos respectivos canais que vao surgindo a todas as horas !

    Parabéns SAPO!

  • Joao Avelino

    Obrigado Celso, sou comercial d2d e isto vai-me trazer mais uns contratos! Penso que não arrisco quando digo aos clientes que este serviço, no seu estado inicial (que já está muito bem composto), é como que uma base sobre a qual vão assentar muito mais funcionalidades. Concordo plenamente com o Mário Moreira e não imagino como de outra forma poderia ser. Parabéns à vossa equipa pelo excelente trabalho.

  • Guest

    unico? LOL ustream anyone? quando é q deixam de copiar os serviços do google e, agora, de outras empresas e passam a fazer coisas realmente novas?

  • http://www.webhostings.in/ web hosting

    This project sounds great and i would like to congrats you…

  • http://www.geciktiricial.net/ geciktirici kremler

    Great informations :)

  • GatoPreto

    Caro Celso, eu fui dos primeiros a criar logo (os meus 6 canais) para agarrar os melhores números possíveis, no entanto tenho um problema de minoria para o qual podia ser criado um “workaround”, trata-se dos clientes Satélite, que como eu estão numa zona onde a Internet mal chega aos 3 Megas e por isso para ter Meo tem que ser por satélite, eu sendo um criador activo de conteúdo que partilho com os amigos fico “impossibilitado” de mostrar na minha casa como é o meu Kanal, acho que se podia muito bem permitir o acesso ao Kanal pela internet, pelo menos aos utilizadores satélite que mais uma vez ficam técnicamente mais limitados que os normais.
    Aquele Abraço, Atenciosamente.
    Carlos Nogueira (Kanal 979707)

  • Carlos Afonso

    O meu kanal abre as portas à produção caseira de canais de TV, quando é que o meo abre as portas aos pequenos produtores locais, como aqueles que gerem webtv’s locais, por exemplo, Almada TV, Setúbal TV, só para falar em dois exemplos na península de Setúbal. Já para não falar que o próprio governo deveria incentivar e criar condições para estes pequenos produtores terem um espaço próprio no TDT, mas é algo que a passar pelo operador do TDT (a PT, sempre a PT em tudo) não vai lá, porque os custos seriam insuportáveis para estes pequenos players. Por isso ao menos que o meo criasse condições favoráveis, com partilha de receitas de publicidade num layer por cima do canal com publicidade da rede SAPO por exemplo. Fica a sugestão.